Sabe-se quem mandou matar Marielle, afirma colunista

A vereadora Marielle Franco (PSOL), executada no centro do Rio de Janeiro com quatro tiros na cabeça, foi morta por pistoleiros a serviço da milícia que atua no Complexo da Maré, onde ela morava.

Um vereador, eleito com o apoio da milícia, está envolvido no crime. Ele já foi ouvido pela polícia e negou tudo. Dois dos que participaram diretamente da execução estão mortos. Queima de arquivo.

De acordo com o blogo do Noblat, a polícia espera uma denúncia ou confissão que possa ligar em definitivo os indícios e as evidências reunidas até agora ao vereador e aos que encomendaram a morte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.