Após pesquisa, Gualberto mantém a candidatura, mas admite negociar

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

João Gualberto, o pré-candidato do PSDB ao governo baiano, diz que já recebeu o resultado da pesquisa que encomendou para avaliar o cenário baiano. E conclui:

— Sem surpresas. Tudo rigorosamente dentro do esperado. Agora é tocar o barco e aguardar. Estou em compasso de espera.

E tem possibilidade de uma união com Zé Ronaldo (o candidato do DEM)?

— Eu quero ser candidato e estou lutando por isso. Já entrei numa disputa pela Prefeitura de Mata de São João que eu tinha certeza que ia perder, e ganhei. Mas se eu disser que não há possibilidade de conversa, fica ruim. Conversaremos, sim.

Gualberto diz não ter pressa. No plano nacional está todo mundo marcando os seus acertos finais lá para meados de junho. Ele diz, todavia, que Rodrigo Maia, o pré-candidato a presidência do DEM, está contribuindo para dificultar as coisas lá, o que repercute cá.

— Nós votamos nele para a presidência da Câmara e depois outra vez, mas ele está agindo como Eduardo Cunha. Deixou o PSDB de lado e está se aproximando do centrão, o mesmo povo que Eduardo se aliou.

Gualberto, que é partidário do ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, diz que as questões federais e regionais são imbricadas.

Ou seja, acordo pode existir, mas a conversa passa pelos que aspiram Brasília. Palpite: na Bahia vai dar união.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×