Papa Francisco não acredita na existência do inferno, diz jornal italiano

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

EM NOTA, O VATICANO AFIRMA QUE A CONVERSA OCORREU EM UM “ENCONTRO PRIVADO POR OCASIÃO DA PÁSCOA” E QUE NÃO SE TRATAVA DE UMA ENTREVISTA

Uma suposta conversa informal entre o papa Francisco e o jornalista Eugenio Scalfari, 93, fundador e ex-editor-chefe do jornal italiano La Repubblica, cujo conteúdo foi publicado pelo periódico nesta quinta-feira (29) com status de entrevista exclusiva, se transformou em polêmica por conta de declarações que agora o Vaticano se esforça para negar. Dentre as aspas mais surpreendentes, destaca-se a afirmação de que “o inferno não existe”, já que contradiz os ensinamentos seculares do clero católico.

“O inferno não existe, o desaparecimento das almas dos pecadores existe”, teria dito o pontífice ao jornalista, segundo o G1. Em nota, o Vaticano afirma que a conversa ocorreu em um “encontro privado por ocasião da Páscoa”, mas que a audiência não se tratava de uma entrevista. Diz também que as falas do papa são uma “reconstrução” do repórter. Scalfari se declara ateu e já teve outros encontros com o papa Francisco.

Leia a nota completa do Vaticano:

“O Santo Padre Francisco recebeu recentemente o fundador do jornal ‘La Repubblica’ em uma reunião privada por ocasião da Páscoa, sem lhe dar nenhuma entrevista. O que é relatado pelo autor no artigo de hoje é o resultado de sua reconstrução, em que as palavras textuais pronunciadas pelo Papa não são citadas. Nenhuma aspa do artigo mencionado deve ser considerada, portanto, como uma transcrição fiel das palavras do Santo Padre”.

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×