Justiça determina de novo que Ebal readmita 1,7 mil funcionários

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

A Justiça determinou novamente a readmissão, pela Empresa Baiana de Alimentos (Ebal), de 1,7 mil funcionários da rede de supermercados Cesta do Povo.

Autor da ação civil pública sobre o caso, o Ministério Público do Trabalho (MPT) já havia conseguido, em dezembro do ano passado, uma liminar com o mesmo objetivo.

Na ocasião, o governador Rui Costa criticou a decisão judicial e questionou onde realocaria os profissionais, já que havia decidido pela privatização da Ebal desde o começo da sua gestão.

Em abril deste ano, a NGV Participações, liderada pelo investidor espanhol Ignacio Morales, arrematou o controle acionário da Ebal, e passa a comandar a Cesta do Povo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×