Ivan Monteiro é gasolina da mesma bomba

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

presidente ladrão e o gatinho angorá fritaram o Pedro Malan Parente e agora levaram para o lugar o diretor-financeiro Ivan Monteiro.

Monteiro era do Banco do Brasil e foi para a Petrobras pelas mãos do ladrão do Bendine.

E ficou como chefe das finanças da empresa na jestão do prodíjio neolibelista o Parente.

Foi Monteiro quem:

– organizou o impairment que “contabilizou” as roubalheiras na Petrobras inauguradas na jestão do Príncipe da Privataria e desfalcou os ativos da empresa muito acima do necessário. Foi para agradar o Judge Murrow e seus patronos;

– Monteiro pagou os abutres do mercado de Nova York, por uma ação judicial que ainda não tinha sido julgada;

– realizou a política de “sanear” as finanças na interessada suposição de que a empresa estivesse quebrada e, por isso, fosse melhor entregar a quem sabe administrar – a Shell (entronizada no Conselho e nos segredos da empresa) , Total francesa, Chevron do Serra, a estatal norueguesa e qualquer gringo que por aqui aparecesse;

– foi a política de Monteiro que autorizou o prodijioso Parente a vender ativos a preço de banana e a desistir do pré-sal, que só não é uma “maldição” para os gringos que dele querem se apropriar;

– enfim, Monteiro convalidou a política de reajustes diários de todos os combustíveis, em nome do “saneamento” do que não estava sujo!

Monteiro é gasolina da mesma bomba.

Abaixo, a peça humorística do presidente ladrão que o transformou na próxima bucha de canhão à frente da destroçada Petrobrax:

Declaração à imprensa do Presidente da República, Michel Temer

Palácio do Planalto, 01 de junho de 2018

 

Fazer uma breve comunicação aos senhores e às senhoras. Comunico que, escolhido hoje como interino, Ivan Monteiro, é diretor da Petrobras, será recomendado ao Conselho de Administração para ser efetivado na presidência da Petrobras.

Eu aproveito para reafirmar que meu governo mantém o compromisso com a recuperação e a saúde financeira da companhia, como fizemos nesses dois anos. Portanto, nós continuaremos com a política econômica que nestes dois anos retirou a empresa do prejuízo e a trouxe novamente para o rol das mais respeitadas no Brasil e no exterior.

Declaro também que não haverá qualquer interferência na política de preços da companhia. E Ivan Monteiro, naturalmente, é a garantia de que esse rumo permanece inalterado.

Eu, naturalmente, desejo, e tenho certeza, do sucesso da gestão do novo presidente. E tenho certeza também de que sua diretoria, seus funcionários e colaboradores alcançarão excelentes resultados para os acionistas e para todos os brasileiros.

Aproveito, também, para registrar o agradecimento ao ex-presidente Pedro Parente pela sua extraordinária dedicação. A recuperação da Petrobras veio para ficar. E é neste contexto que Ivan Monteiro é recomendado para a presidência da Petrobras, a ser examinada pelo Conselho de Administração.

Muito obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×