Filho de baiano desaparecido em Minas busca dinheiro para viajar: ‘A dor não espera’

Spread the love
Quatro baianos de Santo Amaro estão desaparecidos na tragédia; prefeitura da cidade só disponibilizará passagens na segunda (28)

Milena Teixeira

Filho de um dos 254 desaparecidos da tragédia de Brumadinho, o baiano Ismael Bispo está arrecadando dinheiro para viajar até Minas Gerais. Ele é filho de Ademário Bispo, que trabalha em uma terceirizada da Vale, responsável pela barragem.

“A família está aflita. Nós não conseguimos dormir. A prefeitura de Santo Amaro quer que a gente espere até amanhã, mas não dá. A dor da família não espera. Só meu irmão está lá e eu também preciso ir”, afirmou ele ao bahia.ba.

Além de Ademário, até agora, ao menos mais três baianos estão entre os desaparecidos: Alex Mário Moraes Bispo, 22 anos, Ednilson Dos Santos Cruz e George Conceição de Oliveira, de idades não informadas.

De acordo com Ismael, Alex é seu primo. Já George e Ednilson são amigos da família. “Meu pai estava lá há mais de um ano. Ele foi conheceu os dois amigos no trabalho”, disse Ismael. Todos moram em na cidade de Santo Amaro.

Prefeitura

A prefeitura de Santo Amaro da Purificação, cidade com cerca de 12 mil habitantes, divulgou uma nota na redes sociais:

“A Prefeitura Municipal de Santo Amaro se irmana e solidariza em orações com as famílias dos santamarenses até então desaparecidos na tragédia ambiental no Município de Brumadinho, Minas Gerais, quando o rompimento de uma barragem da empresa Vale ocasionou mais uma catástrofe de enormes proporções. Torcemos para que Alex, Ednilson, George e Ademário sejam encontrados logo e voltem para seus lares sãos e salvos.”

Como ajudar

Para entrar em contanto com Ismael é necessário ligar para o número (75) 98151- 6784.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.