Ficou o legado para a música cristã: Adilson Gigante, agora, compõe o Coro Celestial

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Por Por Carla Félix / OSollo -5 de novembro de 2018 – 10:26

Adilson Gigante foi um Cantor da musica cristã, sobrinho do Sr.Milton Gigante em Itarantim, primo de Romildo Gigante proprietário da padaria Hellen e Hevelyn membros da Primeira Igreja Batista

Teixeira de Freitas amanheceu mais triste hoje devido à partida do cantor e compositor Adilson Gigante, conhecido no âmbito nacional por escrever centenas de hinos cristãos e levar a Palavra de Deus por meio da música. Dentre os hinos mais populares de sua autoria estão “Criança pobre”, “Cidadão do céu”, “Paz” e “O louvor que liberta”.

Algumas capas de seus discos:

 0 Ficou o legado para a música cristã: Adilson Gigante, agora, compõe o Coro Celestial Região
 capa-CD Ficou o legado para a música cristã: Adilson Gigante, agora, compõe o Coro Celestial Região
 e7w9hXlajY0 Ficou o legado para a música cristã: Adilson Gigante, agora, compõe o Coro Celestial Região
 hqdefault-1 Ficou o legado para a música cristã: Adilson Gigante, agora, compõe o Coro Celestial Região
 hqdefault-2 Ficou o legado para a música cristã: Adilson Gigante, agora, compõe o Coro Celestial Região
 hqdefault Ficou o legado para a música cristã: Adilson Gigante, agora, compõe o Coro Celestial Região
 maxresdefault Ficou o legado para a música cristã: Adilson Gigante, agora, compõe o Coro Celestial Região

Ele era membro da Igreja Assembleia de Deus Ministério Missão, do pastor presidente Otávio Rendeiro. O falecimento decorreu de complicações de um câncer nos ossos, o qual lhe trouxe, nos últimos anos, várias outros problemas de saúde, sendo o último na sexta-feira, 2 de novembro, quando foi internado no Hospital Sobrasa, onde faleceu por volta das 3 horas da madrugada desta segunda (5).

Entretanto, é certo entre todos que o irmão Gigante, agora, é um cidadão do céu, uma das vozes do Coro Celestial. E essa certeza é o acalanto não somente de seus filhos e netos, mas, de seus irmãos em Cristo, amigos e uma multidão que já se dobrou perante Deus ouvindo-o cantar.

Adilson Gigante tinha 67 anos, dos quais, 43 dedicados à carreira, deixando um acervo rico de discos gravados. Quem se recorda bem dele é o pastor Jadilson Moraes. Amigo pessoal, conta que seu saudoso pai, pastor Amazias Barreto de Moraes, sempre disponibilizava o espaço no programa evangélico de radiodifusão “Cristo a única esperança, o mundo em desespero” para o cantor lançar, à época, seus LPs.

Dois precursores: Pastor Amazias, da Igreja do Santo Evangelho do Nosso Senhor Jesus Cristo, e o irmão Adilson Gigante, talentoso varão que dedicou seus dons a adorar a Deus. A tradição continuou com o pastor Jadilson, que assumiu o programa de rádio de seu pai e persistiu dando o espaço ao querido irmão Gigante, inclusive, nesta última semana, quando o estado de saúde de Adilson se agravou, todos os dias, durante o programa, era tocado um louvor de sua autoria.

Sua voz incomparável dava o tom necessário para impactar profundamente quem ouvia seus louvores – e foi muita gente! Nas redes sociais há mensagens de pessoas de todo o país elogiando seu trabalho como cantor e compositor gospel, seu pioneirismo nas canções doutrinárias e bíblicas, bem como o ser humano humilde, simples, muito querido por todos.

Morador de Teixeira de Freitas há mais de 50 anos, o município lamenta sua partida, mas, entende que ele combateu o bom combate, e, agora, guardou sua fé, porque assim quis o Senhor.

O velório acontece na Assembleia de Deus templo central, na rua Eleuzibio Cunha, 928, bairro Bela Vista, em Teixeira de Freitas. Na terça-feira, 6 de novembro, às 8h, haverá um culto em agradecimento a Deus pela vida do irmão Adilson, em seguida, às 9h, seguirão todos para o sepultamento, que ocorrerá no Reviver Cemitério Parque.

https://osollo.com.br/ficou-o-legado-para-a-musica-crista-adilson-gigante-agora-compoe-o-coro-celestial/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×