Ensino médio da Bahia fica em último lugar em avaliação do MEC

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×
Dados foram divulgados pelo MEC nesta segunda-feira (3). Na semana passada, órgão tinha divulgado relação em que estado ocupou 2º pior resultado na avaliação da educação básica.

Por G1 BA

O ensino médio da Bahia ficou em último lugar, no país, no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) referente ao ano passado, segundo informações divulgadas nesta segunda-feira (3) pelo Ministério da Educação (MEC).

O Ideb é uma iniciativa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para mensurar o desempenho do sistema educacional brasileiro, a partir da combinação entre a proficiência obtida pelos estudantes em avaliações externas de larga escala (Saeb) e a taxa de aprovação – indicador que tem influência na eficiência do fluxo escolar.

De acordo com os dados, a Bahia ficou com 3,0 pontos no ensino médio – 1,3 abaixo da meta para o ano, que era de 4,3. Além disso, a nota foi um décimo menor que a do último levantamento, feito em 2015, quando o estado ficou com 3,1 pontos.

 image-4 Ensino médio da Bahia fica em último lugar em avaliação do MEC Geral
 foto Ensino médio da Bahia fica em último lugar em avaliação do MEC Geral

Notas da Bahia no Ideb do ensino médio — Foto: Reprodução/TV Bahia

Os motivos apontados pelo estudo do MEC para a baixa na classificação foram abandono, atraso e notas baixas em avaliações, durante 2017.

Em contrapartida, no ensino fundamental inicial, que é do 1º ao 5º ano, a Bahia teve uma melhora em 2017. O estado saiu dos 4,7 pontos, registrados para 2015, para 5,1.

Já no ensino fundamental final, que é do 6º ao 9º ano, o índice foi o mesmo de 2015: 3,7 pontos.

 image-5 Ensino médio da Bahia fica em último lugar em avaliação do MEC Geral
 foto2 Ensino médio da Bahia fica em último lugar em avaliação do MEC Geral

Governadores do nordeste, incluindo da Bahia, enviaram carta contra método usado pelo MEC — Foto: Reprodução/TV Bahia

Após a divulgação do resultado, governadores do nordeste, incluindo da Bahia, enviaram uma carta ao MEC, reclamando da metodologia do teste. Eles dizem que houve mudança e que, diferentemente dos outros anos, a nota do aluno que fez o exame foi replicada para o aluno que não fez.

“Nenhum sistema de educação trabalha para voltar para trás. Então, os resultados do Brasil inteiro apontam isso. Então, o que é que a gente pode dizer. Há algum equívoco na metodologia realizada pelo Inep, pelo Ministério da Educação, para fazer a divulgação dos resultados. Porque, não é justo que o esforço de todos os sistemas de educação seja jogado por terra, a partir de uma modificação de metodologia que o Inep provocou”, disse Nildo Pitombo, subsecretário estadual de Educação.

Em nota, o MEC informou que a mudança na metodologia foi feita por um grupo de especialistas, que, pela primeira vez, levou em consideração padrões de aprendizagem e o uso pedagógico dos dados. No entanto, o órgão não explicou sobre a replicação da nota dos alunos que fizeram a avaliação, na nota dos estudantes que não fizeram a avaliação.

Salvador

No mesmo levantamento do MEC, Salvador apresentou avanço na média da educação municipal. A pontuação subiu de 4,7 (em 2015) para 5,3 (em 2017).

Segundo os dados, com a nota, a cidade ainda superou a meta do MEC para 2021, que era de 5,1 pontos. No ranking do país, a capital baiana subiu seis posições, saindo da 24ª para a 18ª posição.

“Nossa rede é um sistema pedagógico próprio, o que ajudou muito no avanço do Ideb. O trabalho de aceleração, ou seja, tratar aqueles alunos que estavam com atraso escolar de uma maneira especial. Entender que tudo isso só acontece investindo no professor. Tudo isso só aumenta a responsabilidade de olhar para frente e fazer ainda mais pela educação de Salvador”, disse o prefeito ACM Neto.

 image-6 Ensino médio da Bahia fica em último lugar em avaliação do MEC Geral
 foto4 Ensino médio da Bahia fica em último lugar em avaliação do MEC Geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×