Comandante da PM afirma que maioria dos feminicídios acontece ‘pela certeza da impunidade’

Spread the love

O número de crimes contra as mulheres na Bahia ainda é alarmante, apesar das campanhas de prevenção. Dados das delegacias especializadas apontam que só em janeiro foram mais de 600 registros contra o gênero feminino. Nos primeiros quarenta dias de 2019, diversos casos de feminicídio continuaram a chocar a sociedade, o que mantém aceso o alerta para esta modalidade de crime.

Em entrevista à Rádio Sociedade, o comandante-geral da Polícia Militar da Bahia, coronel Anselmo Brandão, afirmou que “a grande parte dos feminicídios acontece pela certeza da impunidade”.

O chefe da PM-BA ainda reforçou a necessidade de denúncia, para que ferramentas como a Ronda Maria da Penha possam acompanhar os casos simultaneamente enquanto os processos ainda são julgados. “É um crime que, infelizmente, mesmo com ronda ou sem ronda, quando o cara quer matar, está com ciúme, ele rompe ronda, rompe tudo e mata, mas se tiver prevenção, se a mulher denunciar, a gente evita muito”, alertou Brandão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.