Boff diz entender ‘excesso’ de Ciro por seu caráter iracundo

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×
Teólogo e filósofo foi chamado de “bajulador” e “um bosta” pelo pedetista

Chamado de “bajulador” e “um bosta” pelo candidato derrotado à Presidência Ciro Gomes (PDT), o teólogo, filósofo e escritor Leornardo Boff, 88 anos, afirmou entender o “excesso” do pedetista por seu “caráter iracundo”.

“Minha posição é dos filósofos, dentre os quais me conto: nem rir nem chorar, procurar entender. Entendo seu excesso a partir de seu caráter iracundo, embora na entrevista afirma que ‘tem sobriedade e modéstia’”, declarou Boff à Folha.

As declarações de Ciro foram feitas em entrevista recente ao jornal. Na ocasião, o candidato derrotado a presidente também insinuou que o filósofo, um dos iniciadores da teologia da libertação, não havia criticado o mensalão e o petrolão.

Apesar da fala de Ciro, Boff também defendeu a participação do pedetista em uma “espécie de colégio de líderes, vindos das várias partes de nosso país continental, para que as resistências e oposições tenham sua base em vários estados e não apenas naqueles econômica e politicamente mais relevantes”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×