44 pessoas ainda estão desaparecidas após desabamento de prédio em SP

Spread the love

O número de possíveis desaparecidos no desabamento do Edifício Wilton Paes de Almeida, no Largo do Paiçandu, voltou para 44 pessoas. Na madrugada desta quarta-feira, 2, chegou a ser informado de que mais pessoas teriam sido identificadas, reduzindo para 29 indivíduos. A única pessoa considerada oficialmente desaparecida é um homem identificado como Ricardo, que chegou a passar pelo processo de resgate, o qual foi interrompido no desabamento.

Os dados da Prefeitura de São Paulo revelam que 317 pessoas viviam no local consumido por um incêndio na madrugada de terça-feira, 1º. Segundo os Bombeiros, 75 homens e mulheres da equipe de resgate trabalham para tentar salvar alguém com vida dos escombros.

O major Schroeder afirmou que os agentes estão usando equipamentos menores como britadeiras para retirar as estruturas e só 48 horas após a tragédia, quando a chance de encontrar alguém com vida é quase nula, eles passarão a usar máquinas pesadas como retroescavadeiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.